Melhores filmes com a atriz Keira Knightley

keiraknighley

Há atores que conseguem hipnotizar o público pela forma como trabalham, pelos filmes e personagens que escolhem. Um destes atores é a Keira Knightley, que ficou conhecida mundialmente pelo seu papel em Piratas do Caribe – A maldição do Pérola Negra onde interpretou Elizabeth Swann. Keira nasceu em Londres em 1985 e teve seu primeiro papel na televisão em 1993, em um episódio da série de tv Screen One.

Em 2006 Keira foi indicada ao Oscar pelo seu papel no filme Orgulho e Preconceito, uma adaptação da renomada obra literária de mesmo nome escrita por Jane Austen. A atriz possui mais de vinte filmes em sua carreira, e nota-se por eles, a sua grande afinidade com personagens complexos e de época, tais como as protagonistas Elizabeth Bennet em Orgulho e Preconceito, Cecilia Tallis em Desejo e reparação e Anna Karenina do filme de mesmo nome. Atualmente, a atriz está divulgando seu novo filme Laggies, onde atua com o atores Chloe Moretz e Sam Rockwell.

 Piratas do Caribe – A maldição do Pérola Negra

A história começa quando a jovem Elizabeth e seu pai se deparam com um navio naufragado por piratas e encontram apenas um sobrevivente, o jovem Will Turner. Elizabeth esconde um medalhão que Will estava usando para que os outros não o reconheçam como um pirata. Anos depois, Elizabeth é pedida em casamento pelo Comodoro James Norrington, mas antes de responder, ela fica sem respirar e cai na água. Por ali, estava o excêntrico Capitão Jack Sparrow, que fora até Porto Real para roubar um navio para si. Depois de salvar Elizabeth, ele acaba sendo preso pelo Comodoro.

Naquela mesma noite, piratas do lendário navio pirata Pérola Negra sitiam Porto Real e sequestram Elizabeth por causa do medalhão que ela usava e o sobrenome falso que ela deu. Pela manhã, Will ao descobrir que os piratas tinham levado sua amada Elizabeth decide ir atrás dela e pede ajuda ao pirata Jack Sparrow. O pirata, ao saber o sobrenome de Will concorda em ajuda-lo e Will o tira da prisão e fogem com um navio da Marinha Real Britânica.

 Orgulho e preconceito

O filme se passa na Inglaterra no século XIX e acompanha a história da família Bennet, que consiste nos Senhor e Senhora Bennet e suas cinco filhas – Jane, Elizabeth, Mary, Kitty e Lydia. A Senhora Bennet como uma boa mãe de época, deseja casar todas as suas filhas antes que o seu marido morra e como não tem um herdeiro homem, a fazenda passe para um parente distante, deixando suas filhas desabrigadas. Quando o Senhor Bingley aluga a rica propriedade de Netherfield, a Senhora Bennet vê nele uma grande oportunidade de casamento para uma de suas filhas. Eis que Bingley se apaixona pela sua filha mais velha, porém no começo o romance não vinga pois seu melhor amigo, o Senhor Darcy, o aconselhou a não se envolver com Jane, porém ele mesmo tinha uma ‘’queda’’ por Elizabeth.

O romance de Elizabeth e o Sr. Darcy é um romance cheio de orgulho e preconceito (sem trocadilhos). Elizabeth mostra-se uma mulher livre e com a língua afiada e o Sr. Darcy se interessa por ela mas a afasta. Com o desenrolar da trama, podemos ver e nos encantar com o romance dos dois sendo construído. O filme é baseado no ilustre livro da autora Jane Austen e encanta gerações por mais de 200 anos.

 Desejo e reparação

A história se passa na Inglaterra dos anos 30. Briony Tallis tem 13 anos e está escrevendo a sua primeira peça para a chegada do seu irmão Leon. Enquanto ensaiava a sua peça, Briony ver sua irmã Cecilia e o empregado Robbie juntos e presume que Robbie estava assediando sua irmã sexualmente. Acusado injustamente, Robbie fica preso por quatro anos e junta-se ao exército, saindo da cadeia e indo lutar na Segunda Guerra Mundial. Durante a guerra, Robbie encontra Cecilia que agora trabalhava como enfermeira na guerra e juntos fazem juras e promessas de amor. Inicialmente, pensa-se que o romance é centrado na história de Cee e Robbie, mas logo depois da metade do filme, vamos descobrindo que Briony é a verdadeira protagonista da trama. Este é um dos melhores filmes que eu já vi com uma reviravolta inacreditável. Com um final espetacular e inesperado, este é um filme que todos deveriam assistir.

 Não me abandone jamais

Ruth, Kathy e Tommy são três das muitas crianças que vivem em Hailsham, um internato rígido em relação a manter o corpo saudável onde as crianças raramente tem contato com o mundo exterior. Essas crianças, na verdade foram clonadas e criadas para quando tiverem idade suficiente doarem todos os seus órgãos vitais. Kathy H. desde sempre foi apaixonada por Tommy que também gostava da garota. Ruth ao perceber, começa a se relacionar com Tommy pois não queria ficar sobrando no triângulo. Quando os três saem de Hailsham e vão viver nos chalés até chegar a hora de começarem a doar seus órgãos, eles finalmente tem contato com o mundo real. Apesar de se tratar de clones, o filme em momento nenhum parece ser ficção científica e sim um filme sobre amizade, inveja e amor verdadeiro.

 Procura-se um amigo para o fim do mundo

Um meteoro vai atingir o planeta Terra em três semanas. Sim, isso significa que o mundo vai acabar. É o apocalipse. Todos aproveitam pra fazer o que nunca tiveram coragem de fazer antes como beber até morrer, transar sem compromisso ou destruir as ruas. Além dessas pessoas, somos apresentados ao Dodge – um corretor solitário que foi abandonado por sua esposa – e a sua vizinha Penny . Juntos, eles decidem atravessar o país, gastando seus últimos dias procurando as suas famílias e amores antigos antes que todos morram. Este filme é uma comédia bem seção da tarde muito divertida de se assistir. eh

Anúncios

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s