Resenha: A engenharia do texto

Odenildo Sena, 216 páginas, 4ª edição – Editora Valer – Manaus, 2011.

IMG_5283

O livro ”A engenharia do texto” escrito pelo amazonense Odenildo Sena não é um manual com dicas a se seguir que o tornará um bom escritor. Pelo contrário, logo no início ele fala sobre a complexidade que é o ato de escrever e que apenas treinando arduamente se podem obter resultados satisfatórios. Além disso, ele desmitifica alguns mitos acerca do ato de escrever bem, tais como: ninguém nasce com o dom de escrever, não existem dicas sobre como escrever bem e quem lê muito não necessariamente escreve bem. A obra, dividida em quatro capítulos abordam o estudo da estrutura do paragrafo, sua composição interna – unidade, coesão e coerência -, a composição do texto e suas quatro formas de composição: a argumentativa, a dissertativa, a descritiva e a narrativa.IMG_5292              No primeiro capítulo estudamos o que é um parágrafo, desde a sua composição externa até a sua estrutura interna. Para começar a escrever, o primeiro passo é escolher e delimitar o tema proposto, filtrando-o para que o texto não se torne muito generalizado, além de garantir maior segurança na hora de escrever. Logo após, deve-se pensar nos pontos que serão abordados no parágrafo, ou seja, estabelecer um objetivo que guiará o autor na criação do texto, não permitindo assim que se fuja do tema.Sabendo as estruturas do parágrafo, podemos seguir para a criação do texto. Um texto é formado por um começo, um meio e um fim. O livro aborda vários exemplos de textos, o que exemplifica a mensagem que o autor quis passar. É um livro super interessante, principalmente para aqueles que gostam de escrever.   IMG_5290

O mais legal é que o Odenildo Sena foi professor de Letras da UFAM e colocou vários textos dos seus alunos no livro. A linguagem dele é padrão, ou seja, não precisa ler com um dicionário ao lado, é de fácil entendimento e serve desde amantes da escrita à professores Universitários.

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha: A engenharia do texto

  1. Pingback: 101 coisas em 1001 dias | Alice errada

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s