Resenha: Coraline

Coraline é o segundo livro que eu li do Neil Gaiman e é de longe o meu favorito. A história é contada do ponto de vista de Coraline, uma criança que se mudou para uma casa enorme que fora dividida em 4 flats. Entre seus vizinhos, temos os personagens mais excêntricos da história, como a Miss Spinky e Miss F orcible, duas senhoras que quando jovens foram atrizes e o Mister Bobo que mora no andar de cima e treina ratos.
Nossa protagonista é uma criança aventureira e curiosa que se sente entediada em sua casa pois não tem muito o que fazer. Além dessa desventura, seus pais não lhe dão atenção, nem sabem cozinhar direito o que faz Coraline ser um tanto infeliz com sua vida. Certo dia, enquanto explorava a sua casa em um dia de chuva, Coraline encontrou uma portinha trancada mas quando sua mãe a destrancou, ela levava apenas a uma parede de tijolos.
O fantástico da história acontece quando Coraline volta a olhar pela porta e descobre uma passagem secreta que dá em outro mundo parecido com o que ela vive mas melhor. Lá, ela conhece a sua ”outra mãe”, uma mulher igual a mãe dela porém mais atenciosa, carinhosa e cheia de amor para dar para a garota. A diferença maior estão em seus olhos que ao invés de serem castanhos normais eram grandes botões pretos. Além disso, tudo na casa estava melhor, ela tinha brinquedos incríveis, comidas incríveis, vizinhos iguais aos seus vizinhos mas muito mais interessantes, ou seja, a sua vida estava do jeito que ela sempre sonhara.coraline2

Encantada com aquela vida, Coraline queria ficar lá para sempre mas para ficar lá ela teria que costurar botões em seus olhos. Meio macabro, né?  Pouco a pouco ela vai descobrindo que toda aquela vida não passa de uma grande ilusão que pôs em risco a sua vida e a de sua família verdadeira.
Coraline é uma leitura incrível. Tecnicamente é uma história para crianças mas é tão sombria que deixa até adultos desconfortáveis. A escrita é simples e flui com facilidade. A história tem certa semelhança com As crônicas de Nárnia e Alice no país das maravilhas, ou seja, muito boa. Vale a pena com certeza.
Além disso, Coraline já possui uma adaptação cinematográfica lançada em 2009 e dirigida pelo Henry Selicke uma versão em HQ assinada pelo quadrinista P. Craig. Há boatos que haverá uma continuação do filme intitulado ”Coraline e o mundo secreto 2” mas nada confirmado até então.coraline1

Anúncios

12 comentários sobre “Resenha: Coraline

  1. Ah não, meu Deus! Caroline ❤ ❤ De tantos livros logo esse Kamilla! Eu nunca li o livro (ainda) mas já assisti o filme e … meu deus! Eu amo de paixão!! Com essa sua resenha, esse livro com certeza estará na minha lista de janeiro (já que é o meu aniversário tbm) haha… Sou fascinada por histórias assim (muitooo). Já estou te seguindo pelo wordpress e curti sua página retribui?Obrigada pela visita.

    Super beijoss

    http://16primaverasblog.blogspot.com.br/

    Curtir

  2. Esqueci de comentar acima, mas eu indiquei você para responder a Tag Liebster Award! Se você se interessar, confere lá no blog…eu ia gostar muito se desse para responder 🙂 e assim que postar não me esquece de avisar quero ver o que você respondeu ❤
    Outras pessoas que lerem esse comentário, se tiverem interesse também, sintam-se livres em responder!

    Beijos

    http://orangelily.com.br/

    Curtir

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s