Resenha: PS Ainda amo você

PS: Ainda amo você é o segundo livro da duologia escrita pela Jenny Han e publicado no Brasil pela Editora Intrínseca. Em Para todos os garotos que já amei, o primeiro livro dessa duologia, Lara Jean têm suas cartas amorosas enviadas misteriosamente. Essas cartas porém, não são de pessoas que mandaram para ela e sim cartas de amor que ela escrevera para todos os garotos que ela já gostou. A confusão se faz pois um dos garotos que recebeu a carta foi o recente ex-namorado da sua irmã Margot. Para tentar concertar as coisas, Lara Jean acaba arranjando um namorado de mentirinha e torna as coisas bem mais complicadas.

IMG_4878
Em PS: Ainda amo você, Lara Jean resolveu seus problemas com as cartas, com a sua família e o seu namorado de mentirinha virou seu namorado de verdade. Peter Kavinsky é o namorado mais fofo do mundo mas claro ele consegue estragar tudo por ficar dando atenção para a ex-namorada vadia dele e deixar Lara Jean morta de ciúmes.
Aqui, Lara Jean tem que lidar com as inseguranças e desafios de um relacionamento pela primeira vez. Além de ter que lidar com a presença da ex-namorada, a saudade da irmã mais velha, encarar o bullying cibernético de ter um dos seus momentos mais íntimos divulgados na internet e o aparecimento de um dos garotos das cartas enviadas. Então, para variar, a vida da Lara Jean é uma tremenda confusão que ela não faz ideia de como sair.
Eu particularmente gostei mais da história do primeiro livro, mas a narrativa leve e rápida continua presente na história, dando aquele feeling que você não consegue largar o livro até chegar ao fim. É uma história adolescente muito divertida, envolvente e inspiradora. Apesar de ser uma história leve, ela trata assuntos importantes como cyberbulling de forma excepcional.

Para saber mais sobre o primeiro livro, assista a resenha dele feita no canal do Youtube:

Resenha: A rainha vermelha

Victoria Aveyard, Edição 1 – Editora Seguinte – 424 páginas. ISBN: 978-85-6576-569-5

Sinopse: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe – e Mare contra seu próprio coração.

A Rainha Vermelha é mais um conto da gata borralheira: a menina pobre sem a menor perspectiva de futuro – apenas a guerra – tem sua reviravolta inesperada e acaba no castelo rodeada de príncipes e mordomia. Mare Barrow poderia ser uma Cinderela da vida mas as coisas não melhoram tão de repente assim para ela. Nesta distopia, a sociedade é dividida pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare é uma vermelha, ou seja, ela é pobre e deve servir aos prateados que se consideram superiores por causa da cor de seu sangue e por possuírem poderes especiais.
Mare está quase completando 18 anos e sabe o que vem a seguir: será enviada para lutar uma guerra onde poucos sangue vermelhos voltam para casa com vida. Sua única saída é arranjar um emprego ou fugir. O problema é que fugir não é tão simples quanto ela gostaria e Mare acaba se envolvendo em confusões que colocam sua família em perigo. Quando não havia mais esperança de fugir, um garoto desconhecido consegue um emprego para ela no palácio.
Satisfeita por ser dispensada da guerra, Mare nunca imaginaria o que aconteceria em seguida. A vida dos prateados era extremamente diferente da vida dos vermelhos e isso ficava mais perceptível para Mare ao ver tudo aquilo com os próprios olhos. Os prateados eram super poderosos e viviam como deuses com os vermelhos servindo-lhes. Mas durante uma seleção de princesas para o príncipe (o que ironicamente me fez lembrar de A Seleção) um acidente acontece e Mare descobre ter poderes especiais tais como um prateado. Por decisão do Rei, que apenas a manteve viva por todos os prateados terem visto a vermelha com poderes, Mare deve fingir ser uma prateada para proteger sua família e sua vida.
Mare passa a viver com todas as mordomias de uma prateada, se enfurecendo cada vez mais com a desigualdade entre eles e seu povo. Essa raiva acaba cegando-a e querendo se rebelar contra os prateados. Ficando cada vez mais poderosa por treinar seus poderes e tentando aprender a ser uma prateada, Mare percebe que está em um lugar muito perigoso onde não pode confiar em ninguém.
A história tinha tudo pra ser uma boa distopia monárquica, se é que existe essa categoria. Mas não conseguiu. Infelizmente, faltou originalidade a história. Não gosto de fazer comparações mas é impossível nesse caso. A semelhança entre essa história e A Seleção é notável no início da trama. Mari e Meri poderiam ser vizinhas. Isso tirou um pouco da expectativa que eu tinha pela história.
O romance também não foi bem desenvolvido. Não esperava um romance água com açúcar, mas houve várias tentativas de romance pela autora, todas mal sucedidas. Primeiro, o seu vizinho orfão que parecia prestes a sair da friendzone mas permaneceu lá. Segundo, o princípe regente prometido a outra pessoa mas que surge uma troca de olhares e… nada. Rolou a faísca e nada. Nadinha. Terceiro, o príncipe caçula com uma química forçada e nenhum jeito de levar adiante. Foi péssimo. Talvez no próximo volume o romance seja melhor explorado. Outra coisa a ser mais explorada em Espada de Vidro são os personagens superficiais. Mare aceitava tudo o que estava acontecendo sem desconfiar de nada quando era um tanto óbvio que algo estava errado.
Apesar de todas as coisas que deixaram a desejar, eu gostei da história. Eu estou torcendo para que no próximo livro as coisas que citei melhorem mas como um todo é uma leitura agradável. A escrita da autora é bem suave, sem muitas palavras difíceis e te faz ter vontade de continuar a ler. Outra coisa que me deixou com vontade de ler a continuação foi o desfecho. A reviravolta que aconteceu já era esperada mas mesmo assim foi boa e deixou a curiosidade de saber o que iria acontecer com todos. Por último, preciso elogiar a capa do livro. A coroa escorrendo sangue ficou demais. A Editora Seguinte está de parabéns. Agora é aguardar o lançamento de Espada de Vidro que coincidentemente será lançado no dia do meu aniversário: 12 de fevereiro.

Livros para ler nas férias

Já é metade de Janeiro, as férias estão quase acabando e se você assim como eu não viajou e e está passando as férias dormindo, assistindo netflix e lendo, você vai gostar da lista abaixo.

Mau_ComeçoMau Começo – Série Desventuras em série – Lemony Snicket – Cia das Letras

Mau começo é o primeiro livro da série Desventuras em série, escrito pelo Lemony Snicket. O livro conta a triste história dos irmãos Baudelaire – Violet, Klaus e Sunny – que perdem os pais num incêndio misterioso e tem que ir morar com um parente muito muito distante chamado Conde Olaf. Os irmãos Baudelaire são as pessoas mais azaradas do mundo. Podíamos dizer que eles têm muitas aventuras pela frente mas na verdade, como o título sugere, eles passam por várias desventuras. Mesmo coisas que não tinham como dá errado, com eles dá. Claro, a maioria das desventuras são causadas por causa do Conde Olaf, que persegue os irmãos devido a herança que eles possuem. É um livro divertido, rápido (apesar de serem 13 livros) e com uma leitura bem leve.

220px-LostSymbol

O símbolo perdido – Dan Brown

O símbolo perdido é o quarto livro do Dan Brown que eu li. Assim como os outros três livros, O símbolo perdido é carregado de simbolismo e história. Robert Langdon é chamado para dar uma palestra no Capitólio dos Estados Unidos por Peter Solomon, um velho amigo maçom de Langdon, Quando chega lá, descobre que não há palestra alguma e Solomon está desaparecido. Robert deve então procurar um tesouro maçom perdido e desvendar os segredos da maçonaria para conseguir salvar seu amigo.

revolução-dos-bichosA Revolução dos bichos – George Orwell – Cia das Letras

A revolução dos bichos é uma espécie de parábola protagonizada por animais. Insatisfeitos com a forma que eram tratados, os animais da Granja do Solar se revoltam contra o fazendeiro e tomam a fazenda para si mesmos. Nisso, querendo ser animais livres, eles criam um conjunto de regras os quais intitulam Animalismo. As regras são coisas simples como não matar outros animais, não beber álcool, não deitar em camas. E assim foi seguindo a vida. Mas com o tempo, os animais perceberam que as coisas não tinham mudado como eles imaginaram. A história é uma metáfora contra o regime ditatorial Stalinista durante a Revolução Russa. Vale ressaltar que o livro foi lançado em 1945, ano em que ainda ocorria a Segunda Guerra Mundial e uma vez que os EUA e a Inglaterra ainda eram Aliados da União Soviética, eles criticaram a obra. Porém, quando a Guerra Fria começou e o mundo ficou polarizado entre os EUA e URSS, os EUA utilizaram a obra de George Orwell para disseminar o anticomunismo.

capa_a_5_onda_filmeA 5ª Onda – Rick Yancey – Editora Fundamento

A 5ª Onda já foi resenhado aqui no blog mas vale a pena falar mais um pouquinho. A história aborda ataques alienígenas de uma forma completamente inovadora. Os ataques são chamados de Ondas. Na primeira Onda os Outros (como são chamados os alienígenas) enviaram um pulso eletromagnético que cortou toda a energia do planeta. Na 2ª Onda tsunamis invadiram o litoral do mundo todo, matando milhares de pessoas. Na 3ª Onda eles espalharam uma doença aviária que levou mais de milhares de pessoas à morte. Apenas os que eram imunes a doença sobreviveram. Na 4ª Onda vieram os Silenciadores. Ninguém nunca tinha visto os Outros porque eles já estavam entre nós. Os Silenciadores eram Outros disfarçados de humanos que assassinavam qualquer pessoa que cruzasse o seu caminho. Não havia em quem confiar. Cassie, a protagonista, sobrevive as ondas mas perde a família e sabe que não deve confiar em ninguém. Mas tudo muda uando ela conhece o misterioso Evan Parker. Para saber mais sobre a história, confira a resenha aqui.

*Compre o livro com a capa e sobrecapa com o pôster do filme com 30% de desconto.

*O filme estreia dia 21 de Janeiro nos cinemas.

A herdeira – Kiera Kass – Editora Seguinte

A herdeiraA história de A herdeira acontece 20 anos após o final de A Escolha. A protagonista é Eadlyn, primeira filha da Rainha America e do Rei Maxon e consequentemente herdeira do trono de Illéa. Eadlyn tem uma personalidade forte, confiante e quando a hora chegar vai se tornar uma ótima Rainha. Mas antes disso, para acalmar os rebeldes, a herdeira deve participar de uma nova Seleção onde ela deverá escolher seu príncipe, mas Eadlyn não quer um príncipe e vai fazer de tudo para sabotar a Seleção.

A Rainha Vermelha – Victoria Aveyard – Editora Seguinte10838062_629184237215224_2824641707400954813_o

Nessa distopia, a sociedade é comandada por uma monarquia e o povo é dividido entre sangue vermelhos e sangue prateados. Os de sangue prateado, por possuírem poderes especiais são a elite e os vermelhos são considerados inferiores por não terem poder nenhum. Tudo muda quando Mare Borrow descobre ter poderes. Mas como seria possível uma sangue vermelho ter poderes de prateados?

Gostaram da lista? Já conhecem ou leram algum desses livros? O que acharam?

Metas literárias para 2016

Fim do ano já está bem aí. Não posso reclamar das minhas leituras de 2015 porque não havia estabelecido metas por conta da loucura que foi esse ano pra mim (70% ruim, 10% péssimo, 20% graças a Deus que eu tenho saude, vida e uma família linda) então li muito pouco e pretendo compensar em 2016. Devido à falta de tempo que tive para ler esse ano acabei comprando muitos livros que ficaram estocados na estante sem nunca terem sido folheados, o que me deixou cheia de leituras pendentes pro ano que vem. Além dos livros que eu já possuo, ainda há uma lista de livros que eu não tenho e gostaria de ler. Grande maioria são livros com a escrita mais séria que eu pretendia a ler faz um bom tempo então agora é a hora. Lembrando que os 15 primeiros livros da lista eu estou desejando então se quiserem me dar de presente, receberei com muito carinho HAHAHAAH. Espero que gostem e um feliz 2016 para todos nós.
metas literarias 1Os miseráveis Edição especial – Victor Hugo – Editora Martin Claret

Aventuras de Alice no país das maravilhas – Lewis Carrol – Editora Globo

Essa loucura roubada que não desejo a ninguém a não ser a mim mesmo amém – Charles Bukowski – Editora 7 letras

Tubarão Edição especial – Peter Benchley – Editora Darkside Books

Ensaio sobre a cegueira – José Saramago – Editora Companhia das Letras

A casa de Hades  – Volume 4 da série Os heróis do Olimpo – Rick Riordan, Editora Intrínseca

Alice’s adventures in Wonderland & other stories – Lewis Carrol – Collectible Classics

1984 – George Orwell – Editora Companhia das Letrasmetas literarias 2

Na natureza selvagem  – Jon Krakauer – Editora Companhia
das Letras

Complete Tales and Poems of Edgar Allan Poe – Edgar Allan Poe – Collectible Classics

A 5ª Onda Volume 2: O mar infinito – Rick Yancey – Editora Fundamento

A rainha vermelha – Victoria Aveyard – Editora Seguinte

O Sangue do Olimpo – Volume 5 da série Os heróis do Olimpo – Rick Riordan – Editora Intrínseca

Magnus Chase e os deuses de Asgard – Rick Riordan – Editora Intrínseca

A história da Mitologia para quem tem pressa – Mark Daniel – Editora Valentina LTDA20151228_163514424_iOS

Sobre a escrita – Stephen King – Editora Suma de Letras

Eu estive aqui – Gayle Forman – Editora Arqueiro

Caixa de Pássaros: Não abra os olhos – Josh Malerman – Editora Intrínseca

A revolução dos bichos – George Orwell – Editora Cia das Letras

Maze Runner: Prova de fogo – James Dashner – Editora V&R
20151228_163847008_iOSA cidade ilhada – Milton Hatoum – Editora Cia de Bolso

Dois irmãos – Milton Hatoum – Editora Cia de Bolso

Emma – Jane Austen – Editora Penguim

Jane Eyre – Bronte – Editora Penguim

Como escrever diálogos – Silvia Adela Cohan – Editora Gutemberg

Manual de Redação – Acritica

Memórias de um sargento de milícias – Manuel Antônio de Almeida – Editora Moderna

O homem que sabia javanês e outros contos – Lima Barreto – Editora IBEP

Todos os nomes – José Saramago – Editora Cia das Letras

Acompanhem o blog nas redes sociais:

Facebook | TwitterInstagram | YouTube | Skoob | Snapchat: milacavalcante

Vídeo: Book Haul da falência – Novembro 2015

O post de hoje é o book haul do mês de Novembro. Eu sei, já estamos chegando na metade de Dezembro. Let it go. O mês de Novembro foi o mês que eu mais gastei com livros. Resultado: antes do dia 15 já tinha gasto 50% do meu salário em livros (a outra metade foi em gasolina). A primeira remessa (5 livros) foram comprados na Livraria Valer que fez uma super promoção porque iria fechar as portas. Não lembro exatamente o preço de cada livro mas o total das compras foi 56 reais.

Garota Exemplar e Como narrar uma história eu mais ou menos ganhei (longa história). Objetos cortantes e Caixa de Pássaros  comprei numa promoção da Saraiva onde você comprava 3 livros e pagava por 2. O terceiro livro foi Para todos os garotos que já amei, que na verdade, foi comprado para minha amiga. A última remessa de livros eu comprei porque estava triste e resolvi comprar, simples assim.

Jane Eyere e Emmagyllian flinn livroscaixa de passaroslivros do book haul novembromilton hatouma marca de atena

Acompanhem o blog nas redes sociais:

Facebook | TwitterInstagram | YouTube | Skoob | Snapchat: milacavalcante

Vídeo: Livros do mês de Outubro

Estou tendo uma overdose de livros esse mês gente, chama o Samu! Brincadeiras a parte (ou nem tanto), para quem não sabe inaugurei esse mês o Canal do YouTube do Blog (clique aqui  para se inscrever, assistir os vídeos, dar um like e ser muito feliz) e resolvi fechar o mês mostrando todos os livros que eu comprei esse mês. Estou gostando muito de fazer vídeos pro canal, espero que vocês também estejam gostando.

Se você não viu as outras resenhas que eu fiz, eis os links:

  1. A 5ª Onda – Rick Yancey
  2. The Carrie Diaries – Candace Bushnell
  3. Meu Universo Particular – Frederico Elboni 

Resenha: Extraordinário + Sorteio

R. J. Palacio, Rio de Janeiro, Editora Intrínseca – 2013 – 320 páginas.
editada

Sinopse: August – Auggie – Pullman nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade… até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mas ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é uma menino igual a todos os outros.

August Pullman é um menino que se acha tão comum quanto as outras crianças, mesmo sua família dizendo sempre que ele é extraordinário. Por ter nascido com uma doença genética, Auggie passou por diversas cirurgias, por isso seus pais nunca o colocaram na escola. Mas como Auggie está crescendo, seus pais decidem colocá-lo finalmente numa escola particular em Nova York, o que deixa o garoto relutante.
Auggie convive desde que se entende por gente com a reação das pessoas ao verem seu rosto. Estranheza, repulsa, medo são alguns dos sentimentos que ele consegue ver claramente nas pessoas. Como seria então começar uma escola com centenas de desconhecidos olhando para ele?

A única razão de eu não ser comum é que ninguém além de mim me enxerga dessa forma.

A história é incrível. Dividida em oito partes, com o ponto de vista do Auggie, da sua irmã Olivia, do Jack, da Miranda e etc, podemos ver como um menino pode influenciar a vida de todos a sua volta. É notável ao longo do livro como Auggie vai crescendo, aprendendo e lidando com as coisas da sua própria maneira. 

O livro tem uma escrita simples e uma história que flui facilmente. Fala de certa forma sobre bullying e da dificuldade que as pessoas tem de conviverem com pessoas especiais. É uma história sobre superação, amor e desafios que todo ser humano deve ler.

Quer ganhar um exemplar desse livro realmente Extraordinário?editada1

Regras:

1. Seguir o blog, o twitter @blogaliceerrada e/ou o instagram @blogaliceerrada.

2. Comentar aqui embaixo, deixando seu nome e alguma rede social para entrar em contato.

3. O sorteio será feito em vídeo e postado no instagram no dia 19 de Julho de 2015.

4. Só é válido para participantes dentro do território nacional.

5. Se o ganhador não aparecer em até uma semana (26 de Julho de 2015) será feito um novo sorteio.

Isso é tudo, espero que todos participem e boa sorte 😀

Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil.